Paz é acionado de última hora e Fortaleza anuncia alteração em sua comissão técnica para 2023

Foto: ASCOM Fortaleza EC.

O sub-17 do Fortaleza encerrou sua participação no Campeonato Cearense da categoria após ter sido derrotado pelo arquirrival, Ceará, na grande decisão do torneio. Para além do vice-campeonato estadual, o Leãozinho terá que lidar com uma alteração importante em sua comissão técnica para a sequência da temporada: Danilo Benjamim deixou oficialmente o cargo de treinador dos jovens talentos do Tricolor do Pici.

Na tarde desta quarta-feira, 7, o Fortaleza anunciou por meio de nota oficial a saída do treinador de 37 anos do comando técnico do sub-17 do clube do Pici. Danilo fez história ao conquistar a melhor melhor campanha de um time nordestino na história do Campeonato Brasileiro Sub-17, quando levou o Leãozinho às quartas de final, mas a diretoria entende chegou o momento de executar uma reformulação nas categorias de base e o Departamento de Formação já trabalha para definir um substituto o mais breve possível.

Danilo Benjamim assumiu o comando da categoria sub-17 do Fortaleza em março 2022, após deixar a função de auxiliar técnico da categoria sub-20, e foi peça fundamental no desenvolvimento de vários jovens atletas que buscam iniciar uma carreira de sucesso no futebol profissional. O Leãozinho ainda disputará o Campeonato Brasileiro e a Copa Seromo na atual temporada.

Danilo Benjamim deixou o comando técnico do sub-17 do Fortaleza. Foto: Karim Georges.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO LEÃO

O Fortaleza entrou em campo na noite desta terça-feira, 6, pela quinta rodada da Copa Sul-Americana 2023. Diante da equipe do Estudiantes de Mérida-VEN, o Leão fez uma das piores partidas de toda a temporada e acabou derrotado por 1 a 0 na Venezuela, encerrando sua sequência invicta na competição internacional. Após o apito final, o técnico Juan Pablo Vojvoda participou de entrevista coletiva e comentou sobre o desempenho de sua equipe.

“Eu creio que um gol nos primeiros minutos muda o andamento da partida. Falhamos, são coisas que podem acontecer no jogo, em um pênalti. Tivemos ações para finalizar, mas faltou tranquilidade nos últimos metros para definir as jogadas que criamos. Fizemos uma partida que não estivemos como queremos, mas este grupo tem resiliência, é forte, sabe os erros que comete, os corrige e tem a cabeça para continuar. Seguimos como os primeiros do grupo, estamos fortes e creio que vamos continuar lutando como sempre”, afirmou o treinador argentino do Fortaleza.

“Conhecíamos o rival, mas creio que a diferença foi que jogamos fora de casa, é um fator importante. Nos faltou a agressividade nos últimos metros e quando falo agressividade, é agressividade para finalizar as jogadas. A bola também não corria com a velocidade que estamos acostumados, mas isso não é desculpa. Nós temos qualidade suficiente para superar essas situações. Não estivemos com a mesma sintonia que tivemos em casa, onde convertemos muito gols. Desta vez não conseguimos converter e tivemos chance (para isso). É levantar a cabeça porque já temos um jogo pelo Brasileirão (no próximo sábado)”, desabafou o segundo técnico com maior número de jogos da história do Tricolor de Aço.

fortaleza-estudiantes-de-merida
Leão fez uma de suas piores partidas na temporada no estádio Metropolitano de Mérida. Foto: Felipe Cruz.

VOCÊ VIU? Mesmo com derrota, Fortaleza pode alcançar feito histórico na Copa Sul-Americana 2023

O Fortaleza entrou em campo na noite desta terça-feira, 6, pela penúltima rodada da primeira fase da Copa Sul-Americana 2023. O Tricolor do Pici encarou a equipe do Estudiantes de Mérida-VEN e fez uma de suas piores partidas da temporada ao ser derrotado por 1 a 0 na Venezuela, perdendo sua sequência invicta. No entanto, mesmo com a derrota o Leão ainda pode alcançar um feito inédito na competição internacional.

Na próxima quinta-feira, 8, o Fortaleza pode confirmar sua classificação para as oitavas de final da “Sula” caso o Palestino-CHI não conquiste uma vitória sobre a equipe do San Lorenzo-ARG. Dessa forma, nenhum outro time do Grupo H poderia superar a equipe de Juan Pablo Vojvoda na primeira colocação da tabela, avançando diretamente para a próxima fase do torneio da CONMEBOL, uma classificação histórica neste novo modelo da Copa Sul-Americana.

Independente do resultado da partida entre os clubes sul-americanos, o Fortaleza irá entrar em campo novamente pelo certame continental apenas ao final do mês, no dia 27 de junho, quando enfrentará o Palestino, do Chile, diante de seu torcedor no Estádio Municipal de La Cisterna.

fortaleza-sul-americana
Leão sofreu sua primeira derrota na Copa Sul-Americana 2023. Foto: Mateus Lotif.